CRO para fintech: como otimizar as taxas de conversão

03 abril

Você já se perguntou por que alguns sites e aplicativos convertem visitantes em clientes quase como num passe de mágica, enquanto outros parecem nunca decolar? Você sabia que, de acordo com estudos recentes, pequenas melhorias nas taxas de conversão podem aumentar significativamente a receita de uma empresa de fintech? A resposta está em três letras mágicas: CRO. Ou, mais precisamente, otimizar a taxa de conversão.

Este artigo foi meticulosamente elaborado para o setor de fintech, fornecendo orientações essenciais sobre como otimizar as taxas de conversão não apenas para melhorar os resultados, mas também para garantir uma vantagem competitiva no mercado. Exploraremos o que é CRO, por que ele é indispensável para as empresas de fintech, como calcular esse indicador (taxa de conversão), desvendaremos as diferentes etapas do processo de otimização, os principais fatores que entram em jogo e, por fim, discutiremos como você pode implementá-lo.

O que é otimização da taxa de conversão ou CRO?

O CRO, ou otimização da taxa de conversão é a arte (sim, arte) de converter uma porcentagem maior de seus visitantes em clientes. Mas não se trata apenas de mudar a cor de um botão “comprar” e esperar pelo melhor – é um processo meticuloso que combina psicologia, análise de dados e um toque de mágica de marketing.

No contexto das fintechs, em que a confiança é primordial e a decisão de usar um serviço financeiro pode ser significativa, o CRO se torna um pilar essencial para criar relacionamentos duradouros com os clientes.

Por que a CRO é importante para as fintechs?

Melhorar a experiência do usuário: ao compreender e otimizar a jornada do cliente, podemos oferecer experiências mais intuitivas e satisfatórias, o que aumenta não apenas as conversões, mas também a fidelidade do cliente.

Otimizar os recursos de marketing: ao nos concentrarmos na conversão do tráfego existente em vez de apenas atrair tráfego novo, podemos obter um ROI mais alto em nossas campanhas de marketing.

Aumento da competitividade: em um setor concorrido, destacar-se requer não apenas inovação em produtos e serviços, mas também na forma como eles são apresentados e vendidos aos clientes em potencial.

Dados, dados e mais dados: O CRO é alimentado por dados. Por meio de experimentos e análises, descobrimos o que funciona (e o que não funciona), o que nos permite tomar decisões com base em informações reais e não em palpites.

Como calcular a taxa de conversão?

Caso ainda não esteja claro, a taxa de conversão é calculada dividindo o número total de conversões pelo número de visitantes únicos e, em seguida, multiplicando esse resultado por 100 para obter a porcentagem.

Por exemplo, se eu tivesse 2.000 visitantes únicos e 300 deles realizassem a ação desejada, que definimos como conversão, dividiríamos 300/2.000 e multiplicaríamos por 100 para obter essa porcentagem, obtendo uma taxa de conversão de 15%.

Esse indicador permite que as fintechs (e, de fato, qualquer tipo de empresa) meçam a eficácia de suas estratégias digitais e façam ajustes com base em dados concretos.

É fundamental segmentar suas taxas de conversão para obter insights mais detalhados, facilitando a tomada de decisões com base em dados. Ferramentas de análise da Web, como o Google Analytics, são recomendadas para calcular e analisar as taxas de conversão de forma eficaz, oferecendo a capacidade de segmentar dados e rastrear várias metas de conversão em detalhes.

Como otimizar a taxa de conversão em uma fintech?

O processo de otimização da taxa de conversão no setor financeiro envolve várias etapas estratégicas, desde a pesquisa e a análise de dados até a implementação de mudanças e a avaliação dos resultados. É muito importante entender que fatores como a usabilidade do site/aplicativo, a clareza das mensagens, a segurança percebida e a eficácia das chamadas para ação desempenham um papel crucial nesse processo.

Aqui estão algumas das principais etapas e estratégias que as fintechs devem adotar para melhorar suas taxas de conversão:

1. Entenda seu público

A primeira etapa de qualquer estratégia de CRO eficaz é entender profundamente seu público-alvo. Quem são eles? Do que eles precisam? Como eles procuram resolver seus problemas financeiros? Use ferramentas de análise de dados para segmentar seu público e entender seus comportamentos e preferências.

2. Otimização da experiência do usuário (UX)

Uma excelente experiência do usuário é fundamental para converter visitantes em clientes. Isso significa que seu site ou aplicativo deve ser intuitivo, rápido e fácil de navegar. Alguns aspectos a serem considerados incluem:

Design responsivo: certifique-se de que sua plataforma funcione perfeitamente em todos os dispositivos, especialmente no celular, onde ocorrem muitas interações.

Velocidade de carregamento: otimize o tempo de carregamento do seu site ou aplicativo. Os usuários esperam velocidade, e cada segundo conta.

Simplicidade no design: um design limpo e uma hierarquia visual clara podem orientar os usuários para a ação desejada sem confusão ou distração.

3. Testes A/B

O teste A/B é uma ferramenta poderosa no arsenal de CRO. Ele consiste em comparar duas versões de uma página ou elemento específico para ver qual delas gera mais conversões. Isso pode se aplicar a tudo, desde o design da página até as chamadas para ação (CTAs) e ofertas promocionais.

4. Personalização e segmentação

Personalizar a experiência do usuário com base em seu comportamento e preferências pode significar a diferença entre uma conversão e um usuário perdido. É importante usar as informações coletadas por meio de interações anteriores para exibir ofertas relevantes e conteúdo personalizado.

5. Clareza na proposta de valor

Sua proposta de valor deve ser clara e convincente. Os usuários devem entender imediatamente como o seu serviço pode beneficiá-los ou resolver um problema específico que enfrentam. Isso inclui destacar recursos exclusivos, benefícios e quaisquer diferenciais competitivos.

6. Otimização de formulários

Os formulários geralmente são a última etapa antes da conversão e devem ser o mais simples possível. Minimize o número de campos obrigatórios, use validação de formulário em tempo real para reduzir erros e considere a implementação de etapas progressivas para não sobrecarregar o usuário.

7. Criação de confiança

A confiança é particularmente importante no setor de fintech. Certifique-se de que seu site ou aplicativo transmita segurança e confiabilidade por meio de elementos como depoimentos de clientes, certificados de segurança e uma política de privacidade clara.

8. Monitoramento e análise contínuos

O CRO não é um processo do tipo “definir e esquecer”. Requer monitoramento e ajustes constantes. Use ferramentas de análise para acompanhar o desempenho de suas estratégias de conversão e esteja pronto para se adaptar com base nos resultados e no feedback dos usuários.

Principais fatores

Veja a seguir os componentes essenciais que precisam ser considerados e otimizados:

1. análise de dados e do comportamento do usuário

A base de qualquer estratégia de CRO bem-sucedida é um profundo entendimento do comportamento do usuário. Ferramentas de análise de dados, como Google Analytics, Mixpanel ou Amplitude, podem fornecer informações valiosas sobre como os usuários interagem com a sua plataforma, identificando pontos de atrito e oportunidades de melhoria. Compreender a jornada do usuário desde a chegada até a conversão é essencial para otimizar cada etapa desse processo.

2. Conteúdo de alta qualidade e orientado para a conversão

O conteúdo que repercute em seu público e comunica claramente o valor de sua oferta é vital. Ele deve ser persuasivo, informativo e orientado para a ação. Certifique-se de que sua proposta de valor seja clara e proeminente, usando uma linguagem que fale diretamente com as necessidades e desejos de seus clientes potenciais.

3. Feedback do cliente

O feedback direto dos usuários é inestimável para entender suas necessidades e ajustar sua oferta e experiência de acordo com elas. Ferramentas como pesquisas, entrevistas com usuários e análise de feedback podem fornecer insights profundos para a melhoria contínua.

4. Experimentação contínua:

Mantenha um ciclo contínuo de testes e ajustes com base nos resultados e no feedback dos usuários.

5. Clareza na comunicação

Evite o uso excessivo de jargões financeiros que possam causar confusão aos usuários, optando por uma linguagem clara e acessível.

A otimização desses elementos não só melhorará as taxas de conversão, mas também foi projetada para enfrentar os desafios técnicos e psicológicos da conversão de usuários em clientes ativos e fortalecerá o relacionamento com seus usuários, aumentando a satisfação e a fidelidade deles.

Conclusão

A otimização da taxa de conversão é mais do que apenas uma tática de aprimoramento; é uma estratégia fundamental para qualquer fintech que pretenda crescer em um mercado tão competitivo. A implementação de uma abordagem metódica de CRO pode transformar não apenas suas taxas de conversão, mas também a percepção geral da sua marca, colocando o usuário no centro de tudo.

Você está pronto para levar sua fintech para o próximo nível? Se você quiser começar a se concentrar na otimização da taxa de conversão e ver sua empresa atingir novos patamares de sucesso, criando experiências memoráveis que transformam seus visitantes em clientes fiéis, não hesite em entrar em contato conosco.

Artículos relacionados

Recibe futuras oportunidades

Copyright © 2023 Boomit.
All rights reserved. MOSEYA SA / 1011 Cassinoni , Montevideo, 11300, Uruguay / 12550 Domus Global Services LLC
/ Biscayne Blvd., Suite 406 North Miami, Florida.

Diagnóstico SEO Online

Insira o endereço do site da sua empresa e enviaremos um relatório para o e-mail que você indicar abaixo:

  • Complete suas informações de contato

    Se você quiser que trabalhemos em uma estratégia de marketing que nos permite atrair clientes para você e, em seguida, preencha as informações neste formulário:

  • Describe tu necesidad
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.